FUXICO


Arrumar é tarefa tão chata quanto gratificante. Eu sempre sou surpreendida por coisas que procurava há tempos e que nem São Longuinho tinha dado jeito. Pois bem, dessa vez a arrumação foi no computador, porque a bagunça virtual é tão ruim quanto aquela que a gente tem em casa. Daí acabei encontrando essa foto da última viagem. É uma colcha feita de fuxico que fica na entrada do antigo presídio da cidade de Natal que hoje é centro de artesanato. O mais bacana é que a colcha foi fixada no teto, ganhou luz especial e virou o centro das atenções na entrada. Impossível não olhar!

7 comentários:

  1. Que trabalho lindoo..realmente não tem como..olhar para essa belezura é inevitável!!
    Ótimo diaa!!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  2. NOSSA FIQUEI ENCANTADA COM O EFEITO. LINDO

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei! Super ideia!
    beijos!

    ResponderExcluir
  4. A idéia é super, idêntica àqueles docéis para camas!! só valendo para casas q não tenham alérgicos ou que possuam uma super máquina sugadora de poeira... mas não resta dúvida que o efeito é belíssimo e a colcha um mimo, q trabalheira, ui!

    carinho, uma boa tarde
    S.O.
    Rio

    ResponderExcluir
  5. impossível mesmo não olhar,é impressionante como com um cículo de tecido forma coisas tão bonitas,eu já fiz uma toalhinha assim,deu trab mas eu amei o resultado!!!!

    ResponderExcluir
  6. A idéia é super, idêntica àqueles docéis para camas!! só valendo para casas q não tenham alérgicos ou que possuam uma super máquina sugadora de poeira... mas não resta dúvida que o efeito é belíssimo e a colcha um mimo, q trabalheira, ui!

    carinho, uma boa tarde
    S.O.
    Rio

    ResponderExcluir

Comenta, vai!